image1 image1 image1 image1 image1 image1
Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter

Num Jantar INÉDITO aqui em Brasília, este Editor que vos escreve promoveu no mês passado uma verdadeira festa de Babette, cujo tema era o queijo Parmigiano Reggiano. Executamos um Menu em três etapas apenas com pratos preparados à base do mais famoso queijo do mundo, o parmesão Reggiano - não confundir com seu primo-pobre, o grana-Padano (risos) - sendo que a ideia INOVADORA era degustar queijos de diferentes maturações, com 24 meses, 30 meses e 36 meses, algo inexistente no Brasil.

1parmigianoPAIN

Os pratos servidos aos sortudos convidados (Chef Renata Berford, Wang TS, Chef Jorge Barbosa, Francis, e o casal "queijeiro" Bodani e Marina), foram: Carpaccio al parmigiano en petali con d'olio tartufo; Due sformatini (fichi/prosciutto + burrata/ pomodoro); e RISOTTO Cacio e Pepe - receita do famoso Chef Massimo Bottura. 

PAINparmig

Lógico que este INUSITADO cardápio foi harmonizado com vinhos trazidos da Itália, na maioria orgânicos e biodinâmicos, que a seguir, e em outras postagens iremos descrever para vocês.

Casale05

Barolo VIETTI Castiglione DOCG 2010: Piemonte, 24 meses em barricas de carvalho, uva Nebbiolo. Taninos marcantes, mas não verdes, indicando mais uma década de guarda. Não apresentou melhor evolução devido pequeno tempo de guarda - somente cinco anos, o que é pouco para um Barolo deste nível. Mas mostrou-se bem equilibrado e boa acidez, com longa persistência. Nota 90 pts.

CASALE Chianti Riserva Biologico 2005Um dos melhores representantes da vinicultura biodinâmica da Itália, este mestre artesão da Toscana, Antonio Giglioli, traz a essência do que seja um Chianti Riserva autêntico, sem máscaras ou enganos modernos. Trabalhando com parreiras de 40 anos, o vinho fermenta com leveduras indígenas e captura tudo de bom que a uva Sangiovese tem a oferecer: frescor e vivacidade, num corpo deliciosamente leve. Toda produção é biodinâmica, sem químicos, sem filtração e livre de SO2 (Sulfitos). Estagia por 30 meses em tonéis de carvalho. Possui aroma aberto de compota e frutas negras do bosque. Na boca é equilibrado e harmonioso, com taninos maduros, pedindo mais cinco anos adiante. Muito elegante e longa persistência. Provar um Chianti como este é fazer desaparecer por completo todos os demais vinhos rotulados com este padrão. Nota 92 pts. Belíssimo!!

 

Por Antonio Coêlho.

2017  Decantando a Vida  globbers joomla templates